O homem de 1,9 milhão de reais.

Futebol é apaixonante porque, assim como a existência, é dialético. Tudo muda, nada é perene, apenas a paixão pelo time do coração. E quando o assunto é Santa Cruz – em essência um clube de paixão desde o nascimento – a coisa fica louca.

Todo tricolor coral estava emputecido até à alma com aquela vergonhosa derrota contra o Afogados. Perder três pênaltis é foda. Mas logo em seguida vem um jogo teste para cardíaco. Quem não sentiu um calafrio na espinha quando Anderson entrou na área do CRB nos momentos finais do jogo? Quem não pensou: “Puta que pariu, nos fudemos. Acabou”. Aí vem o gol nos minutos finais e uma disputa ensandecida de pênaltis.

Não foi diferente com o péssimo jogo contra o ABC lá. Na verdade, que dois times ruins da porra. Contudo, tratava-se de um jogo de 180 minutos e nada estava decidido. E a decisão foi aqui, no Mundão do Arruda.

O jogo de ontem corrobora a minha premissa maior acima exposta. O torcedor do Santinha estava confiante desconfiando. Anunciaram o retorno de Danny Morais na resenha, mas o jogador foi poupado. A esperança é que a bola chegasse em Pipico e o atacante voltasse a marcar. E não foi isso o que aconteceu?

Marcos Martins, em uma cobrança primorosa, levantou a bola na área e Pipico se antecipou ao zagueiro e fez um golaço de cabeça. O Arruda fervilhou.

Ainda no primeiro tempo, Ítalo Henrique rouba a bola do ataque do ABC e faz um lançamento lindo, digno de Champions League. Pipico passa pelo último homem da zaga, Henrique – que tinha acabado de entrar  e que deveria ter levado vermelho pela falta– e é derrubado antes de ficar na cara do gol.

Aí o negócio virou pintura. Charles bate a falta com força, numa trivela digna de Nelinho, faz um golaço e o Arruda, sem acreditar no que via, explode de alegria.

Mas não parou por aí. O homem de 1,9 milhão de reais – Pipico, o nosso ciborgue Steve Austin – recebe o passe de Allan Dias na grande área, é novamente marcado por Henrique, dá um senhor drible no marcador que mete a mão na bola e é pênalti. Uma questão: se esse puto já tinha um amarelo, por que não foi expulso ao meter a mão na bola na área?

Pipico foi lá e meteu 3×0 no fraquíssimo ABC. Pipico, o nome de 1,9 milhão de reais.

Foda-se se o time do ABC é muito ruim. Jogamos feito time grande. Evidente que não sou doido de achar que tudo se resolveu, tem muita coisa para ser corrigida ainda. Mas que o jogo foi digno da torcida e do nome glorioso do Santa Cruz, isso foi. A ressaca dessa quinta-feira tem nome e valor: Pipico e um milhão e novecentos mil reais. Valeu demais!

Santa Cruz…Santa Cruz… junta mais essa vitória!!!

Autor: Zeca

Zeca é professor doutor em Filosofia. O amor pelo Santa Cruz vem de berço. Aos cinco anos o pai já o levava ao Arruda. Escritor e poeta, tem diversos livros publicados. Escreve também no blog Ars Diluvian em que trata de arte, política e ciências humanas. É metaleiro e toca na banda Agelon de Brutal Death Metal. Mora na Boa Vista e sente muito orgulho de estar sempre perto do Pátio da Santa Cruz.

Compartilhe esta publicação

42 Comentários

  1. Não nos iludamos.
    O ABC precisa melhorar muito para ficar ruim.
    Mas não há como negar que jogamos bem.
    Para mim a exceção foi o camisa 08 Ítalo.

    Publicar uma Resposta
  2. O time entro com gana ontem, e mostrou que pode jogar futebol, e era isso que não estávamos acreditando. Augusto finalmente jogou e com ele e Dudu mudou o ataque, permitindo que o sempre bom Pipico possa ficar mais perto da área, onde é fatal. As 3 últimas contratações foram e deram outra configuração. Tomara que consigam contratar um meio campo, setor maus falho, para termos chance de sair da série C.
    Vamos ver o que dá para fazer na nova etapa da Copa do Brasil e quem sabe surpreender no Nordestão. Creio que fomos longe nas 2 competições, mas há que chegamos vamos apoiar e aplaudir. São mais duas rodadas que se nos superarmos podemos garantir a grana para terminar muito bem 2019.

    Publicar uma Resposta
    • Por pior que seja o ABC não é inferior ao Vitória das Tabocas ou Afogados, então a verdade é que melhorou.

      Publicar uma Resposta
  3. O time é o mesmo…não melhorou,nem piorou…só apareceu $$$$$ e TV para todo o Brasil….que mudança…..leston cara vc muda todo muno até 30 minutos…é bom guardar a última mudança para casos de contusão,expulsão ou esquema tático,te liga.

    Publicar uma Resposta
    • Leston segue o padrão de tempo de substituição que os analistas de desempenho no mundo todo recomendam. Nosso treinador é estudado. Existe uma boa diferença documentada de chance de efetividade nas mudanças seguindo ou não o padrão (15-27-38 min se não me engano). Os jogadores tendem a ludibriar o treinador fingindo não estarem cansados, e o treinador tem que antever isso, essa é uma das explicações.
      Fonte: Livro Os números do jogo, chris anderson e david sally

      Publicar uma Resposta
      • Certo,mas guardar a última para mais tarde é de bom alvitre…caso ocorra contusões ou expulsões…além de mudanças inesperadas.

        Publicar uma Resposta
  4. Santa Cruz x Fluminense poderia ter sido a final do campeonato brasileiro de 1975. Ambos estavam nas semifinais.

    Publicar uma Resposta
  5. O 2o jogo no Arruda vai exigir do time muita raça fora de casa, para surpreender, empatando ou perdendo no máximo por 1 gol de diferença.
    A renda do 2o jogo dependerá disso.

    Publicar uma Resposta
  6. Poderíamos ter enfrentado Bragantino-PA, Vila Nova, Juventude, Chapecoense e Londrina.

    Mas creio que dos grandes clubes brasileiro o Fluminense é o que está jogando o pior futebol.

    Publicar uma Resposta
  7. O Vasco também é bem ruim e é cheio de problemas internos. O Fluminense tem salários atrasados, já houve até greve de jogadores.

    Publicar uma Resposta
    • Dá vontade de rir mesmo com este timbu.

      Eita cabras frouxos.

      Há mais de 50 anos não fazem um estrago no Sport.

      É graças a isto que já passaram dos 40 títulos.

      Publicar uma Resposta
  8. Hoje vendo o jogo, lembrei que nesta década derrotamos a coisa em varias finais com um time muito inferior sobpondo de vista técnico e salarial, e que valorizamos pouco isso.
    O clube dia 13 causou um abismo no futebol pernambucano, quase o destruindo, dando aos cretinos rubro-negros uma vantagem econômica imoral, e ainda assim batemos esses viados, quebrando nessa década a hegemonia deles, construída em quase 3 décadas por essa excrescência do clube dos 13, tendo eles o apoio direto da FPF e do filho da puta do Eurico Miranda, a essas horas no inferno! Espero que se tisanas série B, para restabelecer um mínimo de equilíbrio econômico nessa merda de futebol em que se transformou Pernambuco!

    Publicar uma Resposta
    • Só um detalhe. O clube dos treze acabou. Mas agora é o clube dos 12. Quanto menor o número de clubes, maior o controle, o poder da televisão sobre eles. Quem dá audiência para a Rede Globo de Televisão assistindo novelas, jornais, filmes contribui para este modelo de futebol excludente. Modelo este que teve seu auge em 2014, com Alemanha 7 x 1 Brasil. Deixando claro que este não foi o único motivo daquele resultado do jogo. Enriquecer o futebol de duas regiões sul-sudeste em detrimento das outras três, o resultado não surpreende.

      o mais interessante é que vários dirigentes e jogadores dizem que quando tem time nordestino na série A é ruim, pois eles tem que fazer muitas viagens. O mais curioso é que essas distâncias são bem maiores para disputar a Libertadores da América, mais aí nada é dito.

      No caso do Santa Cruz, a situação piora porque os dirigentes quando pensam, o fazem de maneira pequena. o curioso é que Milton Mendes quando foi técnico aqui no Santa Cruz disse que pensa grande ou pensa pequeno gasta a mesma energia. Mas o que esperar de um vereador que tem a inferno curral eleitoral e de um presidente de clube que é oriundo desta “torcida”? O nacional de manaus consegue fazer parceria com os chineses, e o Santa Cruz?

      Este mesmo clubes vivem uma grave crise de fundamentos. Repatriar jogadores como Pato, Ganso, gabigola e outros medianos mostra bem o nível que estamos.

      Saudações Corais a Todos

      Publicar uma Resposta
    • Cara o pensamento é este mesmo. Se o Sport ficar uns 3 anos na série B ficará bem pior do que nós.
      Explico melhor.
      Eles se acostumaram com a ruma de dinheiro que a televisão colocou nos seus cofre. Sem essa grana estão sentindo na pele aquilo que sempre foi o mal do Santa Cruz: a falta de dinheiro.

      Publicar uma Resposta
  9. Temos que “qualificar” o time….série D é a treva….sorriso dizer que estamos prontos é piada.

    Publicar uma Resposta
    • Vergonhosa a postura do Santa no Maracanã. Se o flu quiser vai meter 6 ou mais gols. Ninguém marca nem da combate. Foi essa merda que Leston armou? Essa bosta do flu perdeu do Luverdebse e venceu de 2×1 no Maracanã. Os jogadores do Santa estão acovardadosve aceitando que são uns merdas. Desliguei essa bosta. Zero torcedor na 4a feira próxima no Artuda. Com esses bostas não vamos a lugar nenhum!

      Publicar uma Resposta
  10. Que vergonha esse primeiro tempo do Santa Cruz. Um massacre do flu. Time acovardado. Fora Leston Jr!!!

    Publicar uma Resposta
  11. Que coisa vergonhosa o primeiro tempo.
    Júnior comentarista está desesperado.

    Publicar uma Resposta
  12. Fico com pena da galera do Santinha que foi ao Maraca e nem na TV apareceu.

    Publicar uma Resposta
  13. Apresentação vergonhosa. Jogo com transmissão em canal aberto para o Rio de janeiro e o Santa Cruz faz um papelão. Não sei quanto tempo vão levar pra descobrir que o maior problema hoje é o treinador leston Jr. Exceção do último jogo contra o abc, o Santa ao longo do ano apresentou futebol sofrível, até jogando com clubes da terceira divisão. Zé Teodoro, que é um treinador fraco, jamais passaria um ridículo de apresentação como a de ontem. Na minha opinião leston é um enganador.

    Publicar uma Resposta
  14. Que o Santa Cruz iria perder todo mundo sabia, mas foi um show de horrores aquele primeiro tempo. E no segundo tempo se não fossem as contusões do Fluminense teríamos levado, por baixo, uns 4 ou 5 x 0.

    Publicar uma Resposta
    • Leston Júnior até quando vai o seu prazo de validade, será quando o Santa Cruz estiver na zona de rebaixamento? Infelizmente esse rapaz não vai mostrar nada diferente. Foi um projeto que não deu certo. Ano passado o Botafogo da Paraíba só pegou no tranco depois que despachou ele.

      Publicar uma Resposta
  15. Allan Dias como camisa 10 está uma verdadeira bosta, esse cara sim está fudendo o Santa Cruz.

    Publicar uma Resposta
  16. É impressionante a variação do rendimento do time em campo. Ontem os jogadores entraram claramente se sentindo inferiores e medíocres, sem brio, e isto é o que a torcida não pode aceitar. Jogamos pior do que contra o Vitória na goleada de 3×0! Ninguém trabalhou o psicológico do grupo? Não mostrou a eles que o Fluminense penou contra o Luverdense, e que o Luverdense teve postura de macho no Maracanã? Uma das grandes funções do técnico é essa. O que queria Leston ontem? Se era prá se defender porque entrou com 3 atacantes? Que está havendo com o Alan Dias? Ontem não jogou nada! Não chamou atenção dos jogadores que estariam sendo vistos em jogo de transmissão direta para vários lugares? O único que me pareceu com esse espirito de aparecer e se destacar foi o Pipico, que lutou o tempo todo. Como disse um dos cronistas ontem, no 1o. tempo os jogadores do Santa não cercavam e não combatiam, ficavam olhando e deixando os caras triangulando, nem atrapalhar sabiam, isso para não falar de umas 2 ou 3 jogadas que nossos jogadores arrastaram a bunda no chão em dribles de corpo do adversário. Não fosse o Flu tão ruim e teriam feito quantos gols quisessem, principalmente no 1o. tempo.
    Desconfio que Leston de fato já queimou a lenha que tinha. Não faz a diferença.

    Publicar uma Resposta
  17. Leston jr. não tem currículo para dirigir um time como o Santa Cruz; ele nunca fez um trabalho que o credenciasse, o seu aproveitamento nos clubes por onde passou é muito baixo para um clube grande. Até mesmo o aproveitamento no campeonato paraibano que ele ganhou foi baixo.

    Leston não conseguiu fazer o Santa Cruz jogar em nenhum momento, a não ser o jogo com o ABC. Todos os jogos contra a Barbie o Santa foi dominado, classificou na copa do Brasil no jogo do Náutico por milagre. A classificação na copa do Nordeste foi outro milagre.

    Um clube como o Santa Cruz não pode ficar vivendo de milagre. O time formado esse ano é melhor do que a porcaria que formaram o ano passado e mesmo assim o Santa não desenvolve.

    A minha cota com esse treinadorzinho já deu. Uma possível desclassificação na copa do Brasil é um mal que virá para o bem, porque com esse futebolzinho ridículo, vergonhoso, pobre etc. pegar numa próxima fase um time como Santos, por exemplo, seria uma enfiada histórica no futebol mundial.

    Espero que esse rapaz saia do Santa Cruz antes que seja tarde.

    Publicar uma Resposta
  18. Foi de fato uma vergonha sem tamanho! Mancharam a historia de nosso centenário clube. Time fraco…covarde…sem comando…depois de.um dos piores jogos da historia do clube, a diretoria de m…ainda acha normal uma vergonha dessas. Normal pra eles, uns sem vergonha desses! O pior de tudo foi no momento que o time melhorou no segundo tempo, o tecnico tirou augusto e o outro atacante que estavam puxando o time para o ataque…resultado: matou de.novo o time…NOSSO TECNICO NÃO TEM MAIS CONDIÇÕES! NÃO ERA NEM PRA VOLTAR para recife….

    Publicar uma Resposta
    • Falou muito bem.
      Jamais era pra esse treinador menininha ter voltado pra Recife.

      Publicar uma Resposta
  19. Esse treinadorzinho Leston Jr. Zé ruela, é tão fraco, que teve uma semana pra se preparar pra jogar contra o Fluminense. No entanto, o Fluminense no ano de 2019 no jogo contra o Santa foi o que ele acertou mais passes no ano. Só pra ter ideia, contra clube fraquíssimo como o Americano, o Fluminense trocou 448 passes certos no confronto do carioca. Contra o Luverdense, o Fluminense trocou 425 passes certos. Contra o Santa o Flu trocou 737 passes certos. O que é que essas duas perebas tem a mais que o Santa, que justifique quase o dobro de acertos? Nada. Digo melhor, apenas o treinador.

    Leston Jr. É uma invenção de Tininho/Luciano Sorriso.

    Já deu!!! Fora, treinador meia-boca.

    Ás vezes leio/escuto que esse Leston Jr. está tirando leite de pedra. Que pedra? Ele tem um dos melhores goleiros da série C talvez até da B. Tem a melhor, ou uma das melhores linha de defesa da série C; tem um atacante goleador. Não tem desculpas.

    Leite de pedra é argumento pra quem quer justificar o injustificável.

    Fora Leston, já deu!

    Publicar uma Resposta
    • Mas de que adianta ter um grande atacante se não tem um bom meia para que a bola chegue no ataque ???

      O nível do treinador é aquilo que podemos pagar.

      Mas tem uma coisa que não admito e aqui você está certo: COVARDIA.

      Luverdense e Americano não são melhores do que nós.

      Publicar uma Resposta
    • Concordo plenamente. Leston jr. é fraquíssimo. Parece até que existe no Santa Cruz uma espécie de sina com presidentes que se apresentam com nome no diminutivo. Lembram-se de Zé do carmo como treinador? Lamentável, o Santa Cruz não merece tamanha pequenez. Demite paga a indenização com latas de Neston, LEITE MOÇA e uma colher. Nada de canudinho. Chega de diminutivo no Santa Cruz.

      Saudações Corais a Todos.

      Publicar uma Resposta
  20. A coisa foi tão vergonhosa que nem resenhas ouço mais. Todos têm razão quanto ao Leston. Demonstrou incapacidade tática e trocou jogadores em hora imprópria. Merece pegar o beco.

    Publicar uma Resposta
  21. Impressionante a perda do título pela Barbie, depois de fazer o que eu julgava quase impossível: vencer no tempo normal. Mais uma vez fica provado que não se pode temer o adversário: tivesse a Barbie jogado como fez hoje domingo passado a história podia ser outra. Incrível também como a Barbie parece não ter aprendido com a desclassificação nos penaltis para nós, repetindo o erro hoje!
    A lição da Barbie na cachorra, deve servir para nossos atletas, e principalmente o técnico, para o jogo da próxima 5a. feira contra o Flu. Não ter medo!

    Publicar uma Resposta
    • Perfeito, Genivaldo. E hoje quem se acovardou foi a coisa no segundo tempo.

      Publicar uma Resposta
  22. Acredito que o Santa será diferente na próxima quinta. Espero que as lições tenham sido aprendidas.

    Ao contrário de alguns, aprovo o que Leston fez até o momento. Teve seus erros, mas, no balanço, acho que ele tá com crédito.

    Espero que ele modifique a forma de marcação do time. Marcamos com 2 linhas de 4 ou uma de 4 e outra de 5, mas deixamos um grande espaço entre essas linhas. Ali sempre aparecem jogadores adversários livres de marcação. Isso ocorreu contra o ABC e muito contra o fluminense. O comentarista Júnior fez essa observação (corretíssima). Infelizmente, Leston não está enxergando. Mas, o principal foi a apatia do time no primeiro tempo.

    O Flu correu muito no primeiro tempo, tanto que caiu no segundo e o Santa melhorou. Não creio que tiraram o pé, como muito se falou, até pelo placar que, em tese, não definiu a classificação.

    Na próxima quinta, o Santa tem que jogar com muita garra, para, independente do resultado, honrar o Manto Coral e apagar a péssima apresentação do jogo anterior.

    Vamos Santa !!!

    Publicar uma Resposta
  23. Por quê será que ouço de muitos rubro negros que dizem preferir 10 finais contra o Náutico do que uma só contra o Santa.

    Publicar uma Resposta

Submeter um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *