De dar calo na vista.

De dar calo na vista.

O jogo desse domingo do Santinha contra as barbies foi de dar calo na vista e irritação nervosa. O time do Santa Cruz vem em uma clara queda de produção. Tivemos dois resultados terríveis no Pernambucano e esse empate agora.

Como bem disse o amigo Anselmo no post anterior: “[…] até elogio o que esse grupo conseguiu até agora. Isso porque vivemos um paradoxo. Precisamos de competições para arrecadar e ter um financeiro melhor. Mas precisamos de tempo para treinar e conseguir jogar melhor. É uma situação difícil.”

O paradoxo é bem complexo mesmo. É preciso mais do que urgentemente contratar um meio de campo que saiba criar, se posicionar e tocar a bola. É assustador ver o maltrato que Lucas Gonçalves, Ítalo Henrique e Diego Lorenzi fazem com a bola e com o futebol em si.

Creio que todos se lembram como a torcida e a imprensa estava incensando o jovem Elias. Eu mesmo o tinha como uma grande revelação e de um futuro promissor. Escuto as mais diversas explicações entre os torcedores e a mídia para sua queda de qualidade: está empolgado demais com os elogios e acha que joga sozinho, está usando máscara para ir para outro clube, está com medo de se lesionar etc.

Difícil saber o que se passa na cabeça de jogador. Lembro-me bem do caso de Rosembrik. Tinha tudo para ser um grande jogador, mas as más línguas diziam que a marvarda da cachaça enterrou o seu talento e disposição. Espero que esse não seja o futuro do jovem Elias.

Quem viu o jogo contra as barbies viu um jovem tímido e sem garra, bem como um meio de campo atabalhoado, um time que só jogava reativamente, levando muita pressão e sentindo, de maneira nítida, a falta de Danny Morais, Martins e Allan Dias.

E quem diabos acredita no futebol desse Guilherme ou que Augusto ainda pode melhorar? Ser realista – para além do otimismo – dá nisso.

Perceberam, também, como parece que a FPF está levantando a bola, digo, a tabela dos jogos a favor do Do Recife? Foi o time que menos viajou para além da RMR. Coincidência?

Pelas bandas daqui, Leston saiu em defesa de seu elenco, o que é normal. Mas não tem como fazer vista grossa à franca decadência do futebol desse time. Algo tem que ser corrigido rapidamente, pois é muito jogo atrás do outro.

Creio não errar quando penso que esse Clássico das Emoções foi um dos mais sem emoção de todos os tempos. Valeu mesmo foi a faixa da torcida da barbie perguntando sobre o assassinato de Marielle Franco. Única emoção em um clássico insosso.

Mas vamos que vamos. Não podemos nos afogar diante dos Afogados nas quartas-de-final. Torcer para que os acertos surjam, já que agora é jogo decisivo a todo momento.

Autor: Zeca

Zeca é professor doutor em Filosofia. O amor pelo Santa Cruz vem de berço. Aos cinco anos o pai já o levava ao Arruda. Escritor e poeta, tem diversos livros publicados. Escreve também no blog Ars Diluvian em que trata de arte, política e ciências humanas. É metaleiro e toca na banda Agelon de Brutal Death Metal. Mora na Boa Vista e sente muito orgulho de estar sempre perto do Pátio da Santa Cruz.

Compartilhe esta publicação

12 Comentários

  1. Eu achei o jogo contra o Central mais tosco. Acompanho alguns jogos do campeonato Paulista e vejo elencos simples como Ituano e Oeste jogando um ótimo futebol. Times bem treinados. Falta tempo para treinar, mas jogadores como Jô, Bruno Ré, Augusto e outros não vão produzir algo útil. Vamos esperar os “reforços da série C” nosso objetivo maior. Reforço eu só considero o cara que chega e se impõe na bola como titular.

    Publicar uma Resposta
  2. O menino “doado” ao Goiás eu já tinha visto jogar,bom e rápido…mas demos o que presta de graça(kkkkk)…….Elias quer sair ou está machucado?sem dúvida o pior do time nos últimos jogos…pena….e seu reserva joga igualmente péssimo AUGUSTO….estamos caindo…esperamos que melhoremos…dá para ganhar o bodinho.

    Publicar uma Resposta
  3. Nada pode ter sido pior que o 1o tempo contra o Central. Perdão, teve o desastre do Vitória e também o Salgueiro. A verdade é essa mesmo: o time vem piorando a olhos vistos. Mas estamos numa fase inexplicável de bom posicionamento nas competições. Coisas do além? Se for, tomara que continue, para passarmos de fase no Nordestão e Copa do Brasil, que é o que interessa pela grana para assegurar o restante do ano e quem sabe a contratação de umas 3 peças para a série C. Jô, Queiroz, Augusto e agora Elias, quem diria, não estão jogando nada. Os 3 primeiros aliás nunca jogaram nada. Vamos ver o que acontece contra o Ceará, se escapamos e retomamos pelo
    Menos o futebol organizado e não acovardado do início da temporada.

    Publicar uma Resposta
      • Que partida de Anderson. Parabenizo o trabalho de Leston até o momento. Não acho que dá pra fazer melhor do que ele vem fazendo. Pelo elenco e pela falta de oportunidade de treinamento. No entanto, acho que ele pecou hoje. Falo pelo segundo gol do Ceará. Já havíamos tomado 2 contra-ataques em 2 lances, sendo um escanteio e outro em uma falta ao lado da área. E novamente, no final do jogo, foi todo o time para o escanteio e de tanto insistir no mesmo erro, tomamos o gol no contra-ataque.

        De qualquer, dá pra classificar pra segunda fase da Copa do NE.

        Vamos Santa !!!

        Publicar uma Resposta
  4. É grande a disparidade técnica entre nossos rivais do Nordeste que estão na Série A e nosso time.

    Se não fosse o goleiro teríamos levado uns 5 ou 6 x 1 no jogo de hoje contra o Ceará.

    Perdemos do Bahia por 3 x 1 em casa e quase apanhamos do CSA.

    Não adianta de nada ter um pipico lá na frente se a bola não chega no cara.

    Publicar uma Resposta
  5. Que partida de Anderson. Parabenizo o trabalho de Leston até o momento. Não acho que dá pra fazer melhor do que ele vem fazendo. Pelo elenco e pela falta de oportunidade de treinamento. No entanto, acho que ele pecou hoje. Falo pelo segundo gol do Ceará. Já havíamos tomado 2 contra-ataques em 2 lances, sendo um escanteio e outro em uma falta ao lado da área. E novamente, no final do jogo, foi todo o time para o escanteio e de tanto insistir no mesmo erro, tomamos o gol no contra-ataque.

    De qualquer, dá pra classificar pra segunda fase da Copa do NE.

    Vamos Santa !!!

    Publicar uma Resposta
  6. Para classificar temos que vencer o Confiança, cujo time nada deve ao nosso. Jogamos 15 minutos, depois do levamos sufoco. Não fosse Anderson, que o Palmeiras já já manda buscar, teríamos sido goleados. O lance síntese de nossa qualidade técnica foi a bunda no chão do Cesinha no 2o gol do Ceará. Queiroz é péssimo, e Elias quando entrou tb não jogou nada. Acho que ele queimou o carvão que tinha pra jogar. Quero estar enganado. De bom nesse time ver os meninos da base: a zaga e o Italo. Não são craques, mas bons jogadores e que vai crescer. Augusto hoje jogou alguma coisa, mas perdeu um gol feito: ficou com medo.
    Vamos ter que jogar muito mais se quisermos nos classificar no Nordestão na última partida.

    Publicar uma Resposta
  7. Esse Queiroz deve ter sido contratado pelo mesmo cara que contratou o argentino Parra. Vai jogar 50 partidas e não dará um chute em gol!!!

    Publicar uma Resposta
  8. O início até enganou. Não sei se começamos bem ou o Ceará começou mal. Mas realmente a diferença técnica é enorme. Augusto jogou mais que o que Elias vinha jogando, mas parece que cansou. Só joga um tempo. Esse Lorenzi é horrível. não acerta um passe. O Alan Dias tem qualidade mas está pesado e lento. Mas vamos lá, aos trancos e barrancos nos classificando e faturando, para fazer um time melhor para a série C. Basta um empate contra o confiança. Eu, se fosse da direção de futebol, entraria com os reservas no estadual (que não rende nada financeiramente) e treinaria o time principal para os dois jogos contra o ABC que vale 2 milhões de reais.

    Publicar uma Resposta
    • Complementando o comentário, Ricardo Bueno tá jogando muito. Ele sozinho é mais perigoso que o atacantes titulares e reservas do Santa.

      Publicar uma Resposta
  9. Tem que ser muito tabacudo e babaca para elogiar algum jogador desse time do Santa que jogou ontem, com exceção de Anderson

    Publicar uma Resposta

Submeter um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *