Apenas dois jogos.

A rodada desse sábado não foi boa para os pernambucanos: Do Recife levou outra lapada e está descendo ladeira abaixo em direção à séribê e o Capibaribe segue mantendo a velha tradição de nadar e morrer na praia. Se lascaram bonitinho.
Do nosso lado, vi uns sites que não botavam muita fé na classificação do Santinha para a séribê. As estatísticas eram baseadas não sei em que método. Parecia mais papo de bebo em boteco. De minha parte, estou bastante confiante. Mas isso não significa que o jogo de hoje será fácil. Não, meus amigos e amigas, não será.
O jogo de hoje é decisivo. Estamos apenas a dois jogos da B – 180 minutos e vai ser cana até umas horas. Todo tricolor coral das bandas do Arruda que converso parece esperançoso. Mesmo os mais desconfiados. Seu Manoel, o velho e bom garçom de Seu Sebastião do Pátio da Santa Cruz, sempre repete: “Ah, é Pipico”.
Hoje não quero falar dos desacertos dessa gestão. Hoje é dia de esperança e de deixar as mazelas, por enquanto, de lado. É dia de invadir o Arruda, de celebrar o retorno à séribê, sair de casa com uma vitória e tomar muita cerveja porque ninguém é de ferro. E pagaram junho para aumentar nossas esperanças!
Danny Morais, William e Arthur estão de volta ao time. Sandoval, Paraíba e Robinho devem compor o elenco também. Vou escutar a resenha para saber a escalação definitiva.
Mas o amigo Guto resumiu, na última postagem de Gerrá, o espirito desse jogo: “Agora é mão na cara e dedo no olho. Tem isso de time bom e ruim mais não. É jogar com o coração e na base da raça. Avante Santa Cruz!”. É isso mesmo. Raça, raça pura e vontade de mandar essa séricê para a puta que a pariu.
A Diretoria espera um público de 50 mil torcedores. No meio de uma crise econômica no país e sabendo que a torcida do Santa Cruz é o povão mesmo, achei um pouco salgado o preço dos ingressos para o torcedor que vai ter que espremer o bolso pra ir ao Arruda. Era para ter promoção em um jogo tão decisivo assim. Pelo que vi até agora, chegamos a quase 20 mil ingressos vendidos. Mas nunca sabemos o que é real ou não nesses esquemas.
Verdade que sempre teremos os pessimistas de plantão que dizem que tudo está perdido e que o clube vai sumir do mapa. Desde sempre que escuto isso. De salários atrasados a crises administrativas, o Santinha sempre sobreviveu. De uma coisa eu não duvido nem a pau: o que move o Santa Cruz, o que o faz sempre ser essa paixão arrebatadora é o amor incondicional de sua torcida.
Já estivemos em momentos piores. Estamos livre da famigerada D esse ano e caminhando para a B em 2019 – e olha que tem neguinho arrogante indo com a gente também. Se liguem não.
Hoje estou cheiro de esperança. Hoje é nosso dia. Dia da vitória e de muita festa. Apenas dois jogos. Santa Cruz de corpo e alma.

Autor: Zeca

Zeca é professor doutor em Filosofia. O amor pelo Santa Cruz vem de berço. Aos cinco anos o pai já o levava ao Arruda. Escritor e poeta, tem diversos livros publicados. Escreve também no blog Ars Diluvian em que trata de arte, política e ciências humanas. É metaleiro e toca na banda Agelon de Brutal Death Metal. Mora na Boa Vista e sente muito orgulho de estar sempre perto do Pátio da Santa Cruz.

Compartilhe esta publicação

15 Comentários

  1. Vitória, mínima, podíamos ter ganho com mais, mas valeu. Vamos lá, empatar se preciso, vencer se possível e voltar para a B. 50 mil em campo! Parabéns torcida! Se Deus quiser faremos uma grande festa na classificação. Com o Santa não pode ser fácil, nunca!

    Publicar uma Resposta
  2. Torcida espetacular, vitória merecida, e no próximo confronto ainda mais concentração para alcançarmos a classificação!

    Publicar uma Resposta
  3. Havia tempo não via o Arruda daquele jeito. As imediações lotadas de tricolores. Foi muita emoção. A entrega dos caras foi total. Todos mesmo. Infelizmente o amadorismo apareceu. Esperavam 50 mil e catraca pra 5 mil. Péssima entrada das sociais.

    Publicar uma Resposta
  4. Como dito anteriormente que estávamos a duas vitórias e um empate. As duas vitórias já foram, agora acabou, não tem mais jogo, quem quiser que ache ruim. Que vá reclamar no escabau, se derem oportunidade agente joga pra ganhar senão é bola pro mato o tempo todo e pode contratar mais maqueiros pra desfilar com nossos jogadores, acabou a inocência e o romantismo. Como diz nosso ilustre é pau…

    Publicar uma Resposta
  5. Vi alguns comentando que o resultado foi pequeno (1 a 0), vi os jogadores do Operário comemorando a derrota por apenas um gol de diferença como se lá em Ponta Grossa eles vão golear o Santa Cruz, eu acho que estão esquecendo que do lado de cá tem um grupo de jogadores que se não são um primor de técnica, mas estão entrando em campo com raça e determinação de sobra.

    Amigos podem escrever, esse gol de falta de Vítor foi o gol do nosso acesso.

    Andar com fé eu vou a fé não costuma falhar!

    Publicar uma Resposta
  6. O amadorismo da diretoria do Santa Cruz é interminável, como e que se espera 50000 tricolores e só se Abreu os portões faltando 1,45 para o jogo começar??? Quanta inocência (ou burrice)! Outra coisa (VTNC), provou-se ontem a força da nossa torcida e que nossos problemas (do Santa Cruz) é administrativo.

    Publicar uma Resposta
  7. Fazia tempos que eu não via a explosão de uma torcida num gol como o de ontem.
    A gravidade ficou quase lunar.
    Copões de cerveja voaram para cima e os joelhos e colunas lesionadas ficaram bons na hora!
    Um cara superserio que estava do meu lado quase que me derruba num abraço completamente destemperado.
    Bom demais!!!

    Publicar uma Resposta
  8. A vitória foi importante pela qualidade do adversário. Agora não vai ser fácil segurar os caras lá dentro não. O estádio é um verdadeiro alçapão.

    Publicar uma Resposta
  9. Das 10 vitórias do time do Operário-PR, 6 foram em casa.
    Mas o lado bom é que eles não vencem na série C a 5 jogos contando com o de ontem.

    Publicar uma Resposta
    • Os dois últimos jogos que disputaram em casa deram empate.

      Publicar uma Resposta
  10. Se jogarmos o jogo todo como jogamos o primeiro tempo de ontem, dificilmente perderemos no próximo domingo. É entrar ligado desde o início. Parabéns Roberto Fernandes !!! Torcida coral ressurge. Energia fantástica ontem no Arrudão.

    Vamos Subir Santa !!!!!!!!!

    Publicar uma Resposta
  11. Acabou! Q beleza, total silêncio na “Via Ápia dos Cornos”. Leia-se: Av. Beira-Rio, Madalena. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.Mequinha 2×0 no fiofó da coisa dos infernos.

    SaudaSanta.

    Publicar uma Resposta
    • Se o popoti perder sábado do Bostafogo no Rio, entra na zona de classificação para a série B, rsrs.

      Publicar uma Resposta

Submeter um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *