As indecisões definitivas do treinador, e a torcida que continua crescendo

Estou de saco cheio desse converseiro maluco do treinador, Sérgio Guedes. Nem no ensino fundamental eu escutava tanta besteira. Tudo bem que eu não entendia muita coisa que o professor de Moral e Cívica falava, mas ele não era um treinador de futebol e eu não era jogador profissional. Alguém precisa dizer para ele: Deixa de falar merda e bota esse time para ganhar!

Nem pensador francês fala tanta coisa que não leva a lugar nenhum. Deleuze, Guatari, Foucault, todos são mais compreensíveis do que ele.

Resumindo tudo, temos um homem indeciso à frente dos atletas. A obsessão do time ideal acaba deformando o time possível. É o típico sujeito que tem dúvida até no par ou ímpar. Porra, mas logo no Arruda?

Mudando de assunto.

Vejo nos principais jornais a pesquisa realizada pelo Lance/Ibope sobre as maiores torcidas do Brasil. O Santa, apesar das quedas e coices para as séries C e D (toc toc toc), em nenhum momento perdeu torcida. Muito pelo contrário. O Santa aumentou o tamanho da sua massa e está na décima sétima posição nacional.  Não sei quantos times tem hoje no Brasil, mas estamos entre as maiores.

Isso não é novidade. A novidade é que os jogadores parecem não ter o coração na ponta das chuteiras. Como mandante da Série B, a equipe coral só venceu três dos oito jogos. Se dependêssemos apenas dos jogos em casa, estaríamos na zona de rebaixamento.

Dos 20 clubes da Série B, a nossa é a quarta pior campanha.

Ahm , sim, tivemos dois jogos nos Aflitos (um sem público) e um na Arena Pernambuco (argh), mas mesmo assim, os números permanecem: cinquenta e quatro por cento dos pontos em disputa.

Os jogadores têm medo de torcida?

Voltando ao nosso cientista maluco.

O treinador do Náutico, Dado Cavalcanti (prata da casa coral) chegou, mexeu em algumas peças, resgatou os escanteados, deve ter dado umas broncas, mandou todo mundo correr atrás da bola como se fosse um prato de arroz com feijão. Resultado: o time embalou, ganhou três seguidas e já está na nona posição. Sem firulas, sem frescuras, sem dramas existenciais. Não dá para ficar lendo Hamlet à beira do gramado.

Sérgio Guedes gosta de inventar uma roda. Já testou três esquemas táticos nas últimas partidas. Mudou o time em todos os jogos. No treino de ontem, fez quatro mudanças. Não sei se tem filho. se tiver, é aquele pai que muda os meninos de colégio todo ano, porque suspeita que os professores não são bons.

Cito trecho do Diário de Pernambuco de hoje:

Guedes tirou Natan e colocou Pingo. Em um outro momento retirou Wescley, Keno e Sandro Manoel para colocar Julinho, Bileu e o retorno de Natan. Indecisões que só são definidas momentos antes da partida. 

Jogo pelada toda semana. A melhor coisa do mundo é quando eu conheço como jogam os caras que estão no meu time. Já sei até em que área do campo eles gostam de jogar.

De indecisão em indecisão, Sérgio Guedes, mais um campeonato vai indo para o mato.

A torcida que cresce mesmo no meio do deserto, como sempre, é a única novidade boa nas bandas do Arruda.

 

 

Autor: Samarone Lima

Compartilhe esta publicação

25 Comentários

  1. Esse treinador parece aqueles hipies doidões,fala cada sandice sem lógica.Parece que está noutro mundo,é o maluco beleza.Agora o Arruda virou hospício?

    Publicar uma Resposta
  2. não sei pq, mesmo com essa lapa de doido como treinador, acho q amanhã o Santa Cruz ganha.

    Publicar uma Resposta
  3. Estamos no mato sem cachorro, salários atrasados, elenco fraquíssimo (um dos piores dos últimos anos), nosso treinador ainda não se decidiu se continua no futebol ou vai filosofar e nossa diretoria não sabe o que é planejamento.

    Fica difícil acreditar que os números apresentados do crescimento da nossa torcida, constatados nessa atual pesquisa(não confio muito nessas pesquisas), possa ser bem utilizado por nossos gestores como uma forma de barganhar melhores e maiores investimentos pro nosso clube, trazer bons patrocínios e uma cota de televisão condizente com nossa grandeza.

    Segue abaixo link de uma reportagem exibida no Bom Dia Brasil sobre os quatro grandes clubes do país que completam ou completaram 100 anos em 2014(Santa Cruz, Paysandu, Ceará e Palmeiras):

    http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/videos/t/edicoes/v/quatro-clubes-brasileiros-comemoram-o-centenario-em-2014/3590082/

    Andar com fé eu vou a fé não costuma falhar!

    Publicar uma Resposta
    • O problema é que com cotas maiores o clube continuaria falido,as hienas só engariam mais.A choradeira seria a mesma e a penúria também.O problema está nas direções desse feudo.

      Publicar uma Resposta
  4. Só podemos fazer uma coisa PROTESTAR, pois só assim Sandro saiu ano passado e olhe que recebeu vaia até o dia que venceu o Treze por 6×0.

    SDS tricolores hoje e sempre!!!

    Publicar uma Resposta
  5. Sérgio Guedes e suas eternas indecisões, é bem isso mesmo, testa testa, erra, erra e erra novamente e continua cometendo os mesmos erros, além de limitado o time é mal treinado, o cara não consegue ter convicções em nada, não passa segurança pra ninguém, seja jogador ou torcedores. É um alquimista, o tempo passa e mais uma vez ficaremos pelo caminho como nos outros trabalhos dele e nos anos anteriores. Não falta apenas jogador de mínima qualidade, falta treinador também.

    Publicar uma Resposta
  6. A diretoria falou na imprensa que aproveitou a ida para a Arena para pagar uma folha e para deixar o Arruda por um período de reforma do gramado, etc…

    Só espero que esse período de reforma não se limite apenas ao gramado mas em outras dependências do estádio também que está degradante. e aproveitava também pra fazer uma reforma também no comando técnico do time!

    Publicar uma Resposta
  7. se sergio guedes fazer a besteira de jogar com 3 atacantes
    ele perde o jogo pode anota,vou dar uma dica para sergio
    guedes olha o vídeo de santa cruz 2 x 0 náutico em 2012
    ele jogou com 3 meias foi umas das melhores partida que
    eu vi o santa cruz jogar se fosse um técnico estudioso
    já tinha feito isso falta alguém da o toque a ele pos
    ele ta perdido

    SEGUNDO TURNO – 9ª RODADA

    Esquema de Martelotte dá certo, e Santa Cruz bate Náutico nos Aflitos

    Com três meias e apenas Dênis Marques no ataque, Tricolor cria as melhores chances, vence por 2 a 0 e assume liderança do Pernambucano

    No segundo clássico do Campeonato Pernambucano, o Santa Cruz não tomou conhecimento do líder Náutico e, mesmo jogando no estádio dos Aflitos, casa do rival, venceu por 2 a 0, gols de Natan e do artilheiro Dênis Marques. No duelo entre o melhor ataque, do Timbu, e a defesa menos vazada, do Tricolor, o que fez a diferença mesmo foi o novo esquema montado por Marcelo Martelotte, O técnico apostou no trio de meias Natan, Raul e Renatinho e acabou surpreendendo a marcação alvirrubra.

    Publicar uma Resposta
  8. Calma pessoal. Já passamos da fase da transposição para a fase da intensidade. Agora, só falta passar para a fase do acreditar…

    Publicar uma Resposta
  9. o zagueiro renato silva ta regularizado tira everton sena
    tira ewerton volante coloca bileu tem mais pumao e melhor
    passe, colaca renatinho para o meio para jogar com natan e wescley
    ficando com 3 meias a escalaçao e essa

    1 Thiago cardoso

    2 tony

    4 renato silva

    3 renan Fonseca

    6 zeca ou julinho

    5 sandro Manoel

    7 bileu

    10 natan

    11 Renatinho

    8 wescley

    9 leo gamalho

    Publicar uma Resposta
    • Arnildo, o problema, entre vários outros, é que o Bragantino não é time de massa( média de 600 t0rced0res por jogo) e com isso fica mais fácil tomar decisões impopulares mesmo que seja o melhor pro clube!

      Publicar uma Resposta
  10. E A COISA RUIM DOS INFERNOS ACABOU

    de tomar no FI-O-FÓ: Victoria 1 X 0.

    SAUDASANTA

    Publicar uma Resposta
  11. DESCULPEM-ME.

    Na realidade foi RESERVAS do Victoria 1 X 0, diante de um NUMERO público de 6.025, para uma renda de R$ 81.360,00.

    SAUDASANTA

    Publicar uma Resposta
    • E a coisa não ia ser a campeã sulamericana para disputar a libertadores em 2015 ???

      É o velho jeito coisento de fazer futebol: comer mortadela de 5ª e arrotar caviar de 1ª.

      Te lasca coisa ruim. Quero que morra.

      Publicar uma Resposta
  12. quem pensa que os desmantelos do santa cruz é culpa somente de quem está dirigindo o clube, se engana. por trás, nos bastidores, tem umas figuras que não aparecem, mas que mandam no clube e não querem que o SAnta Cruz continue sendo administrado como é hoje.

    Publicar uma Resposta
  13. Está chegando a data do sorteio dos grupos do nordestão 2015 e o Santa Cruz não se posiciona sobre o que vai fazer para tentar disputar o certame.

    A mesa foi virada e pelo andar da carruagem ficaremos no prejuízo de disputar um estadual super deficitário na sua primeira fase.

    O correto seria já ter acionado a justiça desportiva para que essa dê logo ganho de causa à CBF e aí sim abrir caminho para a justiça comum resolver.

    O caminho terá de ser esse pois o futebol brasileiro, além de nivelado por baixo, está sem comando. Um verdadeiro cabaré sem cafetina.

    Publicar uma Resposta
  14. PÚBLICO DE HOJE:

    quando não é São Pedro pra atrapalhar aí vem uma greve de ônibus. PQP, precisamos mandar benzer este Clube e, aproveitar quando for mexer no gramado, jogar muito sal grosso. Tudo acontece com o Santa Cruz!

    SAUDASANTA

    Publicar uma Resposta
    • Sr Arnildo, a greve foi hoje das 0400h às 0800h, já terminou.

      Pelo menos isso.

      Abçs

      Publicar uma Resposta
  15. Que bom,a direção anuncia a volta do grande Cassiano,reforço de primeira.Também com o que temos e contra quem jogamos,qualquer draga é profissional.O Inter precisando de atacantes para seu elenco e libera craque para nós.

    Publicar uma Resposta
  16. PUTZ, MINHA IRMÃ ARRETOU-SE COMIGO PORQUE FALEI QUE NÃO PODERIA

    Ir ao barzinho com a família à noite, comemorar seu aniversário, porque apesar de gostar muito dela, gostava mais do Santa Cruz. Que bobagem, até minha mulher – com a qual sou casado há quase 38 anos – sabe que casei primeiro com o Santa Cruz, há cerca de 62 anos atrás (haja vista que vou a futebol desde os 4). E não adianta dizer que o restaurante tem TV pois não assisto o Santinha jogar junto com alguns cunhados burro-negros DISSIMULADAMENTE secando.

    Há quase 20 anos tive um problema ainda maior porque a cerimônia de colação de grau da minha filha mais velha, no Centro de Convenções, não terminava e o Santa Criuz prestes a entrar em campo, ali pertinho, no Arruda (à época, na 1ª Divisão). Dispensável dizer que perdi o jogo, o Santa Cruz perdeu e ainda quase apanho da mulher.

    PAI, PERDOAI ESSAS MULHERES POIS DESCONHECEM A NATUREZA DO TORCEDOR DESSE TIME DE SANTO NOME, QUE É INIGUALÁVEL, NO MUNDO. Agora, imaginem se esse time prestasse!

    SAUDASANTA

    Publicar uma Resposta
  17. Muito boa sr. Arnildo!

    Feliz pela vitória. Poderia ter sido mais fácil.

    Alexandre, entenda que não houve virada de mesa. Apenas uma ideia pautada numa mera reunião foi abandonada na hora da votação.

    O que vale não é a reunião anterior e sim a votação posterior.

    Virada de mesa seria o santa entrar no campeonato depois de ser o 4° no pernambucano , atrás do salgueiro.

    Publicar uma Resposta

Submeter um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *