Se liga aí! Nunes vai dar uma paradinha técnica no Bar de Abílio

Nosso ídolo está em casa Amigos corais, enquanto escrevo estas breves anotações, recebo várias ligações dos amigos corais. Eles estão na loja oficial do clube, na sede, onde a PE Retrô assume o comando, hoje. Nosso ídolo Nunes “Cabelo de Fogo” está lá, tirando fotos e dando autógrafos. Há pouco, apareceu Grafite, e o negócio ficou ainda mais invocado (veja lá no site: http://www.santacruzpe.com.br/futebol-profissional/com-presenca-de-nunes-torcida-comparece-em-inauguracao-da-loja-santa-cruz. Tem mais gente lá que em qualquer troça do Recife, hoje. Pois bem. Liguei para o telefone preto-branco-e-vermelho do meu amigo Inácio França, para saber como faço para tirar uma foto com Nunes e autografar uma camisa (para depois passar para a coleção de Esequias). Com aquele humor clássico do sábado, ele respondeu: “Nunes vai dar uma parada em Abílio, para se confraternizar com a massa coral”. Então, galera, o negócio é chegar mais cedo, botar o celular para carregar, levar camisa e caneta boa para nosso ídolo assinar. Mais detalhes que o senhor Inácio me forneceu. Nunes vai dar o pontapé inicial, às 11h; Nunes vai receber uma placa do santa Cruz; Nunes vai receber uma placa do Flamengo; Nunes vai entregar as taças “Chico Sience” após o jogo. Ao vencedor (Santa Cruz) e ao derrotado (Flamengo); Nunes deve assistir ao jogo no camarote da presidência; Nunes, mais tarde, vai jantar; Nunes vai dormir e voltar para o Rio de Janeiro, que ninguém é de ferro. ** Quase 100% confirmados: Retorno da lendária Kombi Coral (para o milésimo jogo); Retorno da lendária Sanfona Coral, cujo lema este ano é: “Com ou sem Chikungunha, lugar da Sanfona é no Arrudão”. ** Só uma certeza – ade que amanhã vamos escutar esta linda frase: “Cerveja, Coca e água!”...

Leia Mais

Extra! Extra! Amanhã tem ensaio da “Minha Cobra” na piscina da Sede!

Amigos corais, os telefones da redação deste afamado Blog não param de tocar, desde que os diretora da Troça Carnavalesca Mista, Ofídica, Etílica e Erótica Minha Cobra confirmou a realização de um “ensaio aberto” da referida agremiação para amanhã (terça-feira), a partir das 19h30. O detalhe é para o local escolhido: O bar da piscina, na sede do Mais Querido! Esses caras são foda mesmo. Alguns motivos para você se mandar para o Arruda, amanhã à noite: 1. Orquestra “Armação Musical” (é a mesma que faz o arrastão do Homem da Meia Noite); 2. Regência do Maestro Carlos (que é tricolor desde antes de nascer); 3. O ensaio será no “Parque Aquático do Clube” (exagero da gota. Não é melhor dizer simplesmente “na piscina”?); 4. Começa às 19h30; 5. Quem não comprou ainda a camisa, Esequias Pierre vai passar a noite toda no seu cangote, convencendo a comprar cinco unidades; 6. Os diretores da Troça querem nos deixar malucos. O senhor Gerrá Lima disse que a entrada é franca. O Dr. Esequias pierre diz que é preciso levar três timemanias (concursos 828, 829 ou 830) para concorrer a sorteios de camisas da PE Retrô e Minha Cobra. Se o cara chegar sem Timemania, é melhor ficar na moita e não fazer alarde, ou procurar Robson Sena, que resolve tudo em dois seegundos; 7. Vai ter meio mundo de passistas, aquele pessoal que fica se amostrando, mostrando agilidade e corpo em forma. Mas pode ficar dando seu “passo da latinha” (andando devagar, com uma latinha na mão), que ninguém vai reparar; 8. Para os obcecados por contratações, renovações, treinos, destaques, vai ser um prato cheio. Vai ser um “Minha Cobra na Mesa Redonda”. Se Tininho estiver por lá, vai ficar é doido, com tantos comentários, perguntas, avaliações, projeções. 9. Ausência confirmada: O diretor de Conteúdo Artístico da Minha Cobra, senhor Gerrá Lima, que aderiu recentemente à dengue do tipo Chicungunya. 10. O senhor Inácio França, licenciado deste blog (sem vencimentos) já confirmou presença e promete beber e cair na folia. 11. Não sabemos se a diretoria vai comparecer; 12. Só para lembrar, a letra magistral da Troça, composição de Bráulio de Castro com o sanfoneiro Chiló: “Menina pega aqui na minha cobra/ Ela tem cabeça, tem pescoço e ainda sobra”. Neste Carnaval, vai ser cobra pra todo lado. Bora nessa! Aos fissurados em folia, a dica: a orquestra faz os ensaios todas as terças e quintas no Clube Vassourinhas, em...

Leia Mais
E aí, sanfoneiro, vais amarelar?
jan12

E aí, sanfoneiro, vais amarelar?

O sanfoneiro Chiló, da lendária Sanfona Coral, tomou chá de pantim um tempo desses. Ficou irado com o lance das “Arenas”, que estão mesmo virando elefantes brancos e caros. Depois teve crises e convulsões, quando passaram a proibir cerveja nos estádios. Nisso ele está certo. Foi uma aberração que nos custou muitos e muitos latões a menos no organismo. Mas lembro que, numa farra no Poço da Panela, ele já tinha tomado uns aperitivos e depois de um silêncio filosófico, me contou um segredo: “Quando a cerveja voltar aos estádios, eu volto”. Pois bem, aconteceu o milagre da volta das cervas aos estádios em Pernambuco. Já deve estar valendo no jogo contra o Framengo, no dia 24. O homem da Zabumba, senhor Gerrá Lima, que escreve neste blog, já está pronto para os 90 minutos de forró, acompanhado de sua mulher, Alessandra Malvino, que toca triângulo. Tudo depende, agora, de algum novo pantim ou passamento do sanfoneiro. “Só toco se for na sombra”; “Se rolar um táxi para o Arruda, tudo bem”; “Estou com suspeita de Dengue”; “Só volto depois do Carnaval”. São apenas algumas das desculpas esfarrapadas que ele pode inventar, para não reiniciar a temporada de paródias fenomenais da lendária e eterna “Sanfona Coral”. Do alto da minha prosopopéia, abro os braços como quem prega no deserto musical futebolístico e lanço minha pergunta essencial: “E aí, sanfoneiro, vais amarelar?”...

Leia Mais
Devagar, a gente vai voltando!
jan06

Devagar, a gente vai voltando!

Por aqui, ainda estamos na maciota. Samarone parece que continua na mansidão de uma praia no litoral da Paraíba. Na verdade, o ano só começa mesmo quando a bola rola oficialmente. Antes disto, sem muita pressa, um texto aqui, outro acolá, para ir lubrificando as ideias e destravando os dedos. Mas amigos, o que não falta nas rodas de bate-papo tricolores corais santacruzenses das bandas do Arruda, são as peruas e os boatos. É novo fornecedor de camisa, é patrocínio da Caixa, é contratação bombástica, é amistoso com num sei quem, é num sei o que, num sei que lá. Na noite de ontem, por exemplo, em questões de minutos, recebi um monte de zap-zap. Todos tratando de contratação. Apareceu tudo que era nome de jogador que podia vir pro Santa. Elano, Felipe Azevedo, um tal de Edinaldo, outro de nome Rubram, Pedro Carmona, Cleber Santana e um estrangeiro de nome Marcio Valverde. Falaram até em Marco Aurélio, aquele que já jogou no time da Abdias. Nessa mensagem o cabra perguntou: “e aí, tás sabendo se é verdade?” Eu, de maneira sucinta, respondi: “Pqp! VTNC”. Queria saber de onde sai tanta especulação. Deve existir por aí, alguém bem desocupado que passa o dia inventando essas notícias. Só pode ser. E o interessante é que tem gente que compartilha essas coisas. Só sei que fazia tempo que não tínhamos um inicio de temporada, tão tranquilo e tão calmo. A diretoria conseguiu manter quase todo o time titular. As contratações têm sido feitas sem alardes e com o pé no chão. Teremos praticamente um mês para aprumar a equipe. Melhor do que isso somente a liberação da venda de bebida alcoólica nos nossos estádios. Ontem a Lei que autoriza a volta da nossa bendita cerveja foi assinada. Não vejo a hora de poder estar no cimento do Arruda e ouvir do gasoseiro: “Cerveja!?” E de brindar mais uma vitória com um belo copão de Itaipava. Vou ficando por aqui. Aliás, vou ali abrir uma latinha. Que 2016 seja tão bom ou melhor do que...

Leia Mais